root Março 7, 2018

O primeiro-ministro foi a figura escolhida para a capa que marca o terceiro aniversário da revista Cristina. A apresentadora antecipa que a entrevista vai mostrar o “homem para além do cargo”.

António Costa aparece de gravata cor-de-rosa, lentes cor-de-rosa (por efeito do Photoshop) e ao lado da apresentadora Cristina Ferreira. O primeiro-ministro é a figura da capa da revista Cristina no mês em que a publicação da popular apresentadora televisiva celebra o seu terceiro aniversário.

 

 

A publicação — que só vai para as bancas na quarta-feira, 7 — tem como título: “Sim, senhor primeiro-ministro?” A revista que ao terceiro aniversário conta com o primeiro-ministro na capa teve, no seu primeiro número, o atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa — na altura “apenas” comentador na TVI.

No post no Instagram em que revela o rosto da capa deste mês, a apresentadora escreve que “é um orgulho ter o homem que decide os destinos do país, numa entrevista que pretende isso mesmo, conhecer o homem para além do cargo“. E agradece ao chefe de Governo: “Muito obrigada senhor primeiro ministro.”

A estratégia de António Costa, a nível de comunicação, tem passado por não dar entrevistas apenas a meios mais convencionais, como jornais de referência ou outros generalistas. A 10 junho de 2017, por exemplo, António Costa deu uma entrevista a Daniel Oliveira no programa Alta Definição da SIC.

Logo no mês após tomar posse, António Costa foi, em conjunto com toda a família, capa da revista Caras. “A família do primeiro-ministro”, era o título principal da edição da revista em dezembro de 2015 e prometia o que encontrar nas páginas seguintes: “O primeiro-ministro e Fernando Tadeu falam, pela primeira vez, da sua relação e dos filhos, Pedro e Catarina”. A mesma revista tinha uma chamada de capa com declarações de Laura Ferreira, mulher de Passos Coelho, dando conta que estava “satisfeita”: “Tenho o meu marido de volta e isso é muito bom.”

António Costa na capa da revista Caras a 5 de dezembro de 2015

Voltando à revista “Cristina”, após a eleição de Marcelo Rebelo de Sousa, Cristina Ferreira fez questão de lembrar que já tinha profetizado esse destino ao então comentador da TVI e professor universitário. Partilhando a fotografia dos dois nessa entrevista, a apresentadora recordou: “Brinquei com ele dizendo que se fosse eleito deveria levar a nossa fotografia para Belém. Mas, acima de tudo, o que mais me marcou foram as certezas que o professor tinha. Sabia que ao ser Presidente perderia muitas das coisas que amava. As aulas, a televisão, a vida de cidadão comum. E que nada mais seria como dantes. E não vai ser. Boa sorte Professor, ou melhor, Senhor Presidente.”

Algumas das capas da revista Cristina têm estado envolvidas em polémica, como foi o caso do futebolista Ricardo Quaresma ou de uma “produção ousada” de Lili Caneças aos 73 anos. António Costa sucede à cantora Rebeca, que foi capa da edição de fevereiro, onde a artista contou a forma como está a lutar contra o cancro.

Fonte: Observador

Comentários

comentários