Internacional

Rússia destrói comboio com mais de 120 membros do Daesh

Transporte seguia da cidade de Al Raqa para a histórica cidade de Palmira, na Síria.

O Ministério da Defesa russo anunciou este sábado ter destruído um comboio com mais de 120 membros do Daesh que se dirigia da cidade de Al Raqa para a histórica cidade de Palmira, recentemente recuperada pelo exército sírio.

“Como resultado do bombardeio, as perdas do Daesh são estimadas em 32 veículos equipados com metralhadoras pesadas, além de mais de 120 terroristas”, lê-se no comunicado.

Segundo a nota, o ataque foi efetuado na quinta-feira e deixou ilesos sete dos veículos dos Daesh, tendo sido concretizado por aviões, helicópteros e forças especiais, para evitar a todo custo que o EI recuperasse posições na cidade de Palmira, no deserto.

“Após a receção desta informação, as medidas para impedir a saída dos guerrilheiros em direção a sul de EI foram aprovadas. Qualquer tentativa do EI de se aproximar de Palmira e expandir a sua presença na área será firmemente cortada pela raiz”, acrescenta o ministério.

Al Raga é um bastião do autoproclamado EI em território sírio.

Desde o início da sua intervenção militar na Síria, a 30 de setembro de 2015, a Rússia, uma aliada tradicional do regime de Damasco, foi ameaçada de represálias por parte do EI e pelo ex-núcleo sírio da Al-Qaida, Jabhat Fateh al-Sham (anteriormente designada como Frente Al-Nosra).

Perto de 7.000 cidadãos de países que pertenciam à antiga União Soviética juntaram-se a grupos do Daesh na Síria e no Iraque, de acordo com os serviços de segurança russos.

Fonte: CM

Comentários

comentários

Click to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Portugal Contra a Geringonça

Segue o nosso Facebook

Copyright © 2016 Anti Geringonça

To Top